Como é feito o diagnóstico

Como é feito o diagnóstico:

O diagnóstico de TDA/H é complexo e deve ser feito com muita cautela, pois é preciso levar em conta não só os sintomas presentes, mas uma análise extensa e histórica do sujeito. Fazer um diagnóstico de TDA/H não é muito fácil devido a variedade de sintomas que o caracterizam, são sintomas que não necessariamente identifique que o sujeito seja diagnosticado com TDA/H . Entre estes sintomas, podemos destacar a baixa autoestima, a distração, a desorganização, os problemas de relacionamento, a ansiedade, a depressão, entre outros.

É necessário fazer uma análise histórica de toda a vida do sujeito, desde a infância até quando começou a aparecer os primeiros sintomas de alterações no comportamento, e relacionamento, além de entrevistas com os pais, ou responsáveis para coletar informações, assim também como informações da escola acerca do comportamento, desempenho escolar e relacionamento da criança dentro da escola.  Nesse sentido, é possível identificar algumas alterações na vida da criança quando ela passa a apresentar dificuldades na aprendizagem :

– Percebemos aquelas crianças que costumam conversar o tempo todo, não conseguindo parar quieto, que derrubam os materiais e/ou outros objetos, não conseguem se concentrar nas tarefas e nem nas aulas. Essas crianças costumam apresentar uma dificuldade no desenvolvimento escolar, dificuldade na aprendizagem, comportamentos impulsivos e imperativos, que as prejudicam no processo de aprendizagem.

– Também assistimos crianças que parecem estar prestando atenção, mas não se concentram. Aparentemente calmas, mas parecem estar longe quando são chamadas. São crianças que apresentam comportamentos desatentos e que merecem também uma atenção para isso.

O diagnóstico não se baseia apenas na presença dos sintomas acima, mas na intensidade, duração e o quanto interferem no cotidiano do sujeito.
Ainda existem muitos diagnósticos que acabam por se enganar devido à prática de tratar apenas as consequências do transtorno sem analisar a origem. Um diagnóstico por engano pode produzir um “rótulo” de hiperativos na criança, que simplesmente está sendo uma criança saudável que brinca, corre…

Por isso a importância da avaliação de uma equipe multidisciplinar na avaliação, pois cada um vai analisar dentro da sua área e buscar o mais verdadeiro diagnóstico para cada caso. Isso faz toda a diferença, para realizar um diagnóstico com a nossa equipe, entre em contato por telefone ou e-mail.

 

Leia mais:

Como é feito o diagnóstico ?

Quem faz o diagnóstico de TDA/H ?

Como Deve ser o Tratamento? 

TDAH tem cura? 

Certezas e incertezas sobre o TDAH

Como e Quando Surgiu o TDAH

Quem precisa de ritalina?

Como é feito o diagnóstico

O TDAH é uma mentira.

O TDAH em crianças

Cadastro

 

Google+

 

 

Visit Us On FacebookVisit Us On TwitterVisit Us On Google PlusVisit Us On Youtube